As tragédias da Curva da Morte em Pé de Serra

O trecho mais perigoso da BA-026 entre Maracás e o Povoado de Pé de Serra continua provocando graves acidentes, a sinalização inadequada na estrada pode ser um dos agravantes dos riscos e contribuindo para elevação dos índices de acidentes na BA-026. O último sábado (12) ocorreu mais dois graves acidentes na curva da morte. O primeiro acidente ocorreu pela manhã, o motorista perdeu o controle da direção do caminhão com placa DPC-4130 que estava carregado com frutas, o motorista deve ter perdido o controle por falta de freios e tombou, o motorista ficou presos às ferragens e não resistiu aos ferimento e veio a óbito. O segundo acidente ocorreu quando um homem chamado Vanei Pereira dos Santos foi observar os destroços do primeiro acidente que estavam espalhadas na lateral da curva, foi quando outro caminhão desgovernado entrou na curva em alta velocidade e não conseguiu desviar de Vanei, que foi atropelado e e morreu no local, o caminhão tombou em seguida matando o motorista, Erivelton Fernandes da Luz. 

As tragédias da Curva da Morte em Pé de Serra
Foto: FACEBOOK

A Estrada BA-026 que liga a cidade de Maracás a Contendas do Sincorá é uma importante via que promoveu desenvolvimento na região e faz parte da malha viária do estado da Bahia. Mas essa importante estrada vem apresentando sérios problemas em sua infraestrutura, a sinalização inadequada e muitas vezes, inexistentes, a falta de acostamento em todo percurso, os animais soltos na pista e os trechos de curvas perigosas são alguns dos desafios que centenas de motoristas são submetidos diariamente.

As tragédias da Curva da Morte em Pé de Serra
Foto: FACEBOOK
 

Ao longo desse tempo, a BA-026 vem acumulando elevados índices de acidentes e mortes fatais, entre os trechos mais perigosos, a Sera de Pé de Serra em Maracás destaca-se com a conhecida como “Curva da Morte”. O nome, dado pelos motoristas que trafegam pelo local, faz menção ao número de mortes em acidentes na rodovia, considerado fora dos padrões até mesmo pela Polícia Rodoviária Estadual. De acordo com informações coletadas por moradores do Distrito de Pé de Serra , de janeiro a março deste ano foram contabilizadas, pelo menos, 5 mortes em acidentes nesse trecho de Serra. 

Ao longo desse tempo, a BA-026 vem acumulando elevados índices de acidentes e mortes fatais, entre os trechos mais perigosos, a Sera de Pé de Serra em Maracás destaca-se com a conhecida como “Curva da Morte”. O nome, dado pelos motoristas que trafegam pelo local, faz menção ao número de mortes em acidentes na rodovia, considerado fora dos padrões até mesmo pela Polícia Rodoviária Estadual. De acordo com informações coletadas por moradores do Distrito de Pé de Serra , de janeiro a março deste ano foram contabilizadas, pelo menos, 5 mortes em acidentes nesse trecho de Serra. 

A Carlomagnum produziu um filme Documentário: “A Curva da Morte”, a produção cinematográfica é baseado em relatos de motoristas da rodovia e moradores da comunidade de Pé de Serra que vivem em estado de tensão permanente todos os dias, os constantes e graves acidentes ainda não chamaram a atenção de autoridades e centenas de famílias ainda choram as mortes de seus familiares, o que resta é somente uma pergunta, Até quando?

Fonte: Blog Júnior Mascote

veja também