Documentário Área de Preservação Permanente

A disciplina de Geografia com a orientação do Professor Roberto Spínola realizou nessa sexta (28), a última etapa do Projeto Áreas de Preservação Permanente nas Comunidades do Calembe, Peixe e Gameleira. As áreas de preservação permanente têm a função de preservar recursos hídricos, paisagens, biodiversidades, estabilidades geológicas, entre outros. Desta forma, a realização desse documentário apresenta uma avaliação dos impactos negativos gerados pelo desmatamento de áreas de preservação permanente na nascente do Rio Jiquiriçá e seu entorno. 

 
Documentário Área de Preservação Permanente
 
Nesta condição, o presente projeto teve como objetivo analisar os impactos socioambientais negativos. O documentário realizou entrevistas aos moradores dessas comunidades, utilizando um método qualitativo e descritivo. A avaliação dos danos permite inferir de maneira mais precisa a
atual situação da degradação existente na APP do Rio Jiquiriçá.
 
Documentário Área de Preservação Permanente
CISTERNAS
Os resultados obtidos neste estudo mostraram-se que a APP encontra-se degradada em função da ação antrópica, como: expansão de áreas de pastagem, desmatamento de limites não tolerados pelo Código Florestal Brasileiro; poluição das nascentes; assoreamento dos córregos; destruição do solo pela erosão e a contaminação das águas.
 
Documentário Área de Preservação Permanente
CONSEQUÊNCIAS DA EROSÃO
Acerca disso, requer políticas públicas de planejamento, fiscalização e recuperação, das áreas degradadas seguindo as normas legais. A preservação de Áreas de Proteção Permanente é a garantia necessária para a manutenção do lençol freático e contribuem para redução de ações impactantes nas áreas das comunidades, a revitalização dessas áreas de APP podem restabelecer o equilíbrio ambiental da fauna e flora.
 
Documentário Área de Preservação Permanente
DONA MARIA DE LOURDES
 
Documentário Área de Preservação Permanente
TANQUE DA GAMELEIRA
Documentário Área de Preservação Permanente
POVOADO DO PEIXE
veja também