São João Quente na Terra do Frio: Uma Celebração Segura que Impulsiona o Comércio Local e Fortalece o Turismo

No último fim de semana, a cidade de Maracás, também reconhecida como cidade das flores, celebrou o São João Quente, promovido pela Prefeitura Municipal de Maracás com o apoio do Governo do Estado. Apesar do clima frio que é característico da região, a festa aqueceu os corações dos moradores e visitantes, proporcionando uma experiência única de celebração junina. Além de resgatar as tradições culturais da região, o evento também impulsionou o comércio local e fortaleceu o setor turístico.

Gabriel Gava


Um dos pontos mais destacados durante o São João Quente na Terra do Frio foi a preocupação com a segurança dos participantes. A organização do evento em parceria com a Polícia Militar e Guarda Municipal desenvolveram ações para garantir segurança e tranquilidade aos participantes, durante os cinco dias de evento aconteceu com total segurança e sem nenhum registro de violência, mantendo a tradição de um evento junino seguro e animado.

Grupo de Dança Maria Mole


O São João Quente na Terra do Frio trouxe à tona as tradições juninas da região, resgatando o verdadeiro espírito das festas juninas. A praça do forrõ foi decorada com bandeirinhas coloridas, barracas de comidas típicas e do tradicional “Quentão” criando um ambiente acolhedor e festivos A programação contou com apresentações do grupo de dança Maria Mole, a programação cultural do Bairro do Cuscuz com da Quadrilha da Amélia e o levantamento dos ramos, além do tradicional Casamento Matuto, as brincadeiras juninas e o palco alternativo que trouxe forró ao vivo das bandas locais durante os intervalos para não deixar ninguém parado e aquecer o frio.

Diversão para todas idades

Nesta edição foi contemplada com o Projeto Canta Luiz, a apresentação cultural é patrocinado pela Ferbasa com o objetivo de difundir as tradições juninas e homenagear o Rei do Baião, que cantou as dificuldades e belezas do Sertão.

Orquestra Sanfonica

A iniciativa, realizada pela Associação Brincantes do Folclore Nordestino com patrocínio da Ferbasa, levou a alegria da cultura nordestina para 21 municípios do interior baiano. Formada por sete músicos (5 nas sanfonas, 1 no triângulo e 1 na zabumba) a Orquestra Sanfônica  vai tocar os clássicos que imortalizaram Gonzagão.


O evento também se mostrou benéfico para a economia da cidade. Os comerciantes locais viram um aumento significativo no movimento durante o São João Quente na Terra do Frio. impulsionando as vendas e gerando renda para os empreendedores da região. Além disso, a presença de turistas contribuiu para o aumento do fluxo de pessoas nas lojas e estabelecimentos comerciais, fortalecendo a economia local.

Marcynho Sensação


O São João Quente na Terra do Frio também teve um papel fundamental no fortalecimento do turismo na Terra do Frio. A cidade, que já é conhecida por sua paisagem encantadora e clima frio, atraiu visitantes de várias partes do país, que puderam desfrutar da festa junina tradicional em um cenário diferenciado. A movimentação turística gerou impactos positivos na rede hoteleira, restaurantes e outros serviços relacionados, promovendo o desenvolvimento sustentável do setor turístico local.


O São João Quente na Terra do Frio foi um sucesso retumbante, proporcionando uma celebração segura e envolvente para moradores e turistas. Confira a Galeria de Fotos completa do São João Quente na Terra do Frio 2023

veja também
error: Content is protected !!