Sarau na Pedra Só com José Inácio Vieira de Melo

Assista ao filme do Sarau de poesia na fazenda Pedra Só, retiro do poeta José Inácio Vieira de Melo.O evento foi realizado na noite de 17 de dezembro de 2016 na zona rural do município de Iramaia e reuniu vários artistas ligados à palavra poética e à música, que recitaram seus versos e cantaram suas canções, em torno de uma aconchegante fogueira.

Sarau na Pedra Só com José Inácio Vieira de Melo

O livro ‘Pedra só’ foi publicado recentemente pela editora A Escrituras, de São Paulo, e é o Sexto livro de José Inácio, considerado como o seu trabalho mais autobiográfico. No capítulo de abertura, que nomeia o livro, traz um longo poema dividido em 27 partes, revestido de tons épicos, flertando com a linguagem bíblica e frequentando os lugares mais recônditos e inóspitos da sua memória, em busca do barro fundamental – a poesia primeva – para fazer a ligação do seu ser com a arte e criar seus poemas.

Sarau na Pedra Só com José Inácio Vieira de Melo

Conheça mais a história de José Inácio

José Inácio Vieira de Melo (1968), alagoano radicado na Bahia, é poeta, jornalista e produtor cultural. Publicou os livros Códigos do silêncio (Salvador: Letras da Bahia, 2000), Decifração de abismos (Salvador: Aboio Livre Edições, 2002), A terceira romaria (Salvador: Aboio Livre Edições, 2005) – Prêmio Capital Nacional de Literatura 2005, de Aracaju, Sergipe, A infância do Centauro (São Paulo: Escrituras Editora, 2007), Roseiral (São Paulo: Escrituras Editora, 2010) e a antologia 50 poemas escolhidos pelo autor (Rio de Janeiro: Edições Galo Branco, 2011).

Organizou Concerto lírico a quinze vozes – Uma coletânea de novos poetas da Bahia (Salvador: Aboio Livre Edições, 2004), Sangue Novo – 21 poetas baianos do século XXI (São Paulo: Escrituras Editora, 2011) e as agendas Retratos Poéticos do Brasil 2010 (São Paulo: Escrituras Editora, 2009) e Retratos Poéticos do Brasil 2013 (São Paulo: Escrituras Editora, 2012).

Sarau na Pedra Só com José Inácio Vieira de Melo

 

Publicou também o livrete Luzeiro (Salvador: Aboio Livre Edições, 2003) e o CD de poemas A casa dos meus quarenta anos (Salvador: Aboio Livre Edições, 2008). Participa das antologias Pórtico Antologia Poética I (Salvador: Pórtico Edições, 2003), Sete Cantares de Amigos (Salvador: Edições Arpoador, 2003) e Roteiro da poesia brasileira – Anos 2000 (São Paulo: Global, 2009). No exterior, participa das antologias Voix croisées: Brésil-France (Marselha: Autre Sud, 2006),  Impressioni d’Italia – Piccola antologia di poesia in portoghese con traduzione a fronte (Napoli: U.N.O.,2011) e En la otra orilla del silencio – Antologia de poetas brasileños contemporáneos  (Cidade do México: Unam / Ediciones Libera, 2012).

Coordenador e curador de vários eventos literários, como o Porto da Poesia, na VII Bienal do Livro da Bahia (2005), a Praça de Cordel e Poesia, na 9ª e na 10ª Bienal do Livro da Bahia (2009, 2011) e o Cabaré Literário, na I Feira do Literária Ler Amado, em Ilhéus (2012), assim como os projetos A Voz do Poeta (2001) e Poesia na Boca da Noite (2004 a 2007), ambos em Salvador. Atualmente é curador dos projetos Uma Prosa Sobre Versos, em Maracás, e Palavra de Poeta, em Planaltino.

Tem poemas traduzidos para os seguintes idiomas: espanhol, francês, italiano, inglês e finlandês. Foi coeditor da revista de arte, crítica e literatura Iararana, de 2004 a 2008. Edita o blog Cavaleiro de Fogo:

Acesse: www.jivmcavaleirodefogo.blogspot.com

Sinopse 
– José Inácio Vieira de Melo, poeta alagoano radicado na Bahia.
– Grupo Concriz – Jovens da cidade de Maracás recitam poemas de José Inácio Vieira de Melo.
– Bernardo Almeida, poeta de Salvador.
– Elizeu Moreira Paranaguá, poeta de Castro Alves.
– Antonio Barreto, cordelista de Santa Bárbara.
– Cleberton Santos, poeta sergipano radicado em Feira de Santana.
– Leandro Maia, jovem declamador da cidade de Tancredo Neves.
– Edmar Vieira, recitador da cidade de Planaltino.
– Salgado Maranhão, poeta maranhense radicado no Rio de Janeiro.
– Sarau do Poeta – Jackson Costa (ator da cidade de Itabuna), e os músicos soteropolitanos Joaquim Carvalho, Dinho Santana e Sidney Argolo.
– José Inácio Vieira de Melo homenageia Linda Soglia.
– Terno de Reis do Riacho – músicos camponeses da povoação denominada Riacho, próximo à fazenda Pedra Só e do povoado de Placas, município de Iramaia.

– Fotografia: Ricardo Prado (mineiro radicado em Salvador).
– Filmagem: Luzeiro Filmes (Gabriel Gomes e Edson Silva , soteropolitanos).
– Coordenação e apresentação: José Inácio Vieira de Melo

Fonte: UEPB

veja também