Fiat Titano é a nova opção de Pick-up Média no Mercado Brasileiro

Fiat amplia seu portfólio com modelo que tem origem chinesa, já é usado pela Peugeot e que chega com preços a partir de R$ 219.990

Titano Ranch é a top de linha

A história pode parecer confusa, mas na globalização do setor automotivo esse tipo de estratégia é e será cada vez mais comum. A Fiat Titano que chega agora ao mercado brasileiro como primeiro modelo da marca no segmento de picapes médias, teve o projeto original desenvolvido pela chinesa Changan em parceria com a PSA (Peugeot/Citroën). Assim nasceu a Peugeot Landtrek, que agora passa a ostentar a logomarca da Fiat com o nome de Titano.

Mas para os executivos da marca italiana a história é um pouco diferente, pois eles afirmam que a Fiat assumiu o “projeto global” KP1, que deu origem à caminhonete média que em alguns mercados será comercializada como Landtrek e no Brasil como Titano.

Montada em sistema CKD na fábrica de Nordex, nos arredores de Montevidéu, no Uruguai, a picape que traz as marcas francesa e italiana tem na prática poucas diferenças, principalmente no que diz respeito ao visual. Comparando as duas em um olhar rápido, não é exagero dizer que a Titano é a Landtrek com a logo da Fiat.

O fato é que, com a Titano, a Fiat aumenta seu portfólio em seu segmento mais forte, no qual tem o modelo mais vendido no mercado brasileiro, a Strada, e a Toro, um sucesso de vendas e líder entre as caminhonetes intermediárias. Mas a Fiat quer conquistar uma participação de 8% a 10% no segmento de picapes médias com a Titano, que vai encarar a líder Toyota Hilux, a Chevrolet S10, Ford Ranger, Nissan Frontier e VW Amarok.

Missão nada fácil para a Fiat Titano, que pela faixa de preço e nível de equipamentos está mais próxima da versão intermediária da Chevrolet S10 e da Nissan Frontier. A picape será oferecida inicialmente apenas com cabine dupla, motor 2.2 litros a diesel, com opções de câmbio manual e automático, sempre com tração 4×4.

Visual

O desenho da Titano não é novidade para ninguém, já que basicamente troca o logotipo da Peugeot pelo o da Fiat. A dianteira é marcada por uma enorme grade com a parte superior da peça cromada e uma pequena diferença é que a Fiat coloca um detalhe com as cores da bandeira da Itália no canto direto da peça. Entretanto, a famosa luz diurnas de LED com a “garra do leão” da Peugeot, permanece.

A traseira também é igual ao da Landtrek. Além do símbolo da Fiat, há um “Titano” cromado bem grande na parte superior da tampa da caçamba. No caso da versão Ranch, as lanternas são de LED.

A capacidade de carga da Titano é de 1.020 kg de carga e pode rebocar 3.500 kg.

Equipamentos

Endurance: seis airbags, ar-condicionado, porta-objetos, volante multifuncional, apoio de braço central, controle de cruzeiro, piloto automático, controle automático de descida, controles de tração e estabilidade, assistente de reboque, iluminação na caçamba e rodas aro 17.

Titano Endurance

Volcano: todos os itens da Endurance + painel de instrumentos digital com tela de 4,2 polegadas, central multimídia com tela de 10 polegadas, e conexão de Apple CarPlay e Android Auto via cabo, câmera com visão 180 graus, sensor de estacionamento traseiro, bancos com imitação de couro, faróis de neblina, capota marítima e rodas de liga leve de 17 polegadas.

Ranch: tudo da Volocano + ar-condicionado digital de duas zonas, partida por botão, câmera com visão 360 graus, faróis e lanternas de LED, alerta de saída de faixa, rebatimento automático dos retrovisores, bancos dianteiros com ajustes elétricos, monitoramente de pressão dos pneus, estribos laterais, santantônio e rodas de liga leve de 18 polegadas.

Titano Ranch

#fiattitano #picapes #picapetitano

veja também
error: Content is protected !!