Google.org lança Programa Educacional no Brasil

A Fundação Lemann e o Google.org firmaram parceria na área educacional no Brasil. Essa ação têm como objetivo promover a capacitação de professores em todo território brasileiro. O projeto é uma plataforma digital, liderada pela Associação Nova Escola, que oferecerá milhares de planos de aulas digitais, vídeos e outros materiais, para ajudar professores de todo o país a criar experiências de aprendizado mais ricas para seus estudantes. Essa nova plataforma é a primeira estratégia que prioriza produção de um conjunto de recursos pedagógicos alinhados à Base Nacional Comum Curricular, política pública que busca organizar mais claramente quais são as habilidades e os conhecimentos essenciais que todos os alunos têm direito de aprender em sua vida escolar.

Google.org lança Programa Educacional no Brasil

O projeto, que será viabilizado por uma doação de 15,8 milhões de reais do Google.org, braço filantrópico do Google, foi anunciado durante o “Google for Brasil”, evento realizado em São Paulo. A doação integra um compromisso de dois anos e 50 milhões de dólares e fomenta instituições sem fins lucrativos que estão desenvolvendo soluções tecnológicas para preencher as lacunas na educação e aprendizado no mundo todo. Nove instituições no mundo, incluindo a Nova Escola, foram selecionadas para esta primeira etapa.

Para executar esta iniciativa, a Nova Escola reunirá os melhores professores de todo o Brasil. Cada plano de aula desenvolvido incluirá dicas e orientações desse time de professores, diminuindo os desafios de preparar boas aulas e incorporando altas expectativas sobre o que deve ser ensinado – tudo isso alinhado à experiência de quem conhece profundamente os desafios da sala de aula. Os materiais estarão disponíveis por meio de uma plataforma digital com aplicativo móvel gratuito projetado para funcionar mesmo onde a conectividade ainda é lenta. O impacto estimado é de que o projeto atinja um milhão de professores de todo o Brasil nos próximos cinco anos.

Os resultados educacionais dos jovens brasileiros continuam abaixo da performance observada em estudantes de faixa etária semelhante em outros países. Na última avaliação global, liderada pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), o Brasil ocupou a 63ª posição em ciências, a 59ª em leitura e a 66ª colocação em matemática entre os 70 países analisados. Outro relatório revelou ainda que 67% dos alunos de 15 anos não dominavam conceitos básicos de matemática. Infelizmente e embora trabalhem buscando garantir a aprendizagem, os professores brasileiros muitas vezes não têm os recursos e o apoio de que precisam para mudar essas estatísticas.

Ao fazer o anúncio, Fábio Coelho, presidente do Google Brasil, enfatizou a necessidade de reduzir a lacuna existente entre os estudantes que têm acesso à tecnologia dentro de sala de aula e os que não tem. “Nós esperamos que este projeto ajude a empoderar professores com conteúdo tecnológico de qualidade que irá apoiá-los na entrega de uma boa instrução para estudantes em todo o Brasil”, afirmou o executivo.

A Google no Brasil vem desenvolvendo uma série de programas sociais e ambientais no Brasil, destaca-se o Desafio de Impacto Social Google. A participação social da empresa mais valiosa do mundo vem crescendo e a tendência desses projetos vão ganhando mais importância e ampliando ainda mais sua influência no território nacional. O Brasil tem participação cada dia maior na expansão global da Google e se consolida como um mercado estratégico. 

Fonte: Fundação Lemann

veja também